UEL decide hoje (25) se suspende calendários de aulas e vestibular

1

A UEL decide hoje (25), a partir das 14h30,  se adia o vestibular e suspende os calendários de aulas da instituição, em decorrência da greve geral de professores, estudantes e funcionários. As duas decisões serão discutidas pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe), órgão formado pela reunião dos colegiados dos cursos, direções dos centros e coordenadores de pós-graduações da UEL, na Sala dos Conselhos.

Segundo a reitoria, em entrevista ao Jornal de Londrina, o adiamento do vestibular e a suspensão do calendário acadêmico de aulas são questões “extremamente delicadas”. Para Berenice, cursos de especialização, mestrados e doutorados tem contextos diferentes das graduações.

Sobre o vestibular, a reitora afirma que a decisão de adiamento tem diversas consequências. A organização começaria os preparativos do concurso em junho e, portanto, até o momento, nada foi definido. “Não é conveniente realizarmos o vestibular da UEL depois de todas as universidades do país. Certamente perderíamos candidatos. O ideal é que a UEL ofereça o vestibular nas mesmas condições que as demais”, defende a reitora na entrevista ao JL.

Informações: Jornal de Londrina