10 filmes inspiradores para quem deseja virar empreendedor

0

Os filmes podem ser uma grande fonte de inspiração, inclusive no mundo do empreendedorismo.

Para a elaboração da lista, os profissionais: Adriana Gomes, do núcleo de carreira da ESPM; Alessandro Saade, especialista em Empreendorismo e docente da Business School São Paulo (BSP); e Marcelo Minutti, professor de Empreendedorismo e Inovação do Ibmec/DF deram as dicas.

Chef

O filme Chef (2014) foi dirigido por Jon Favreau (que também estrela a produção) e conta com atores como Sofía Vergara, Scarlett Johansson e Robert Downey Jr.

A obra mostra a história de Carl, que, após perder o emprego em um restaurante, abre um trailer de comida. O objetivo é recuperar seu instinto criativo e, ao mesmo tempo, aproximar-se da família. “O filme mostra um pouco esse lado de ter um foco em um negócio com o que você gosta de fazer, aprendendo sempre”, diz Saade.

Jerry Maguire – A Grande Virada

Jerry Maguire – A Grande Virada (“Jerry Maguire”, 1996) é um filme dirigido por Cameron Crowe e estrelado por Tom Cruise, Cuba Gooding Jr. e Renée Zelweger.

No filme, Maguire é um agente esportivo que trabalha para uma grande companhia. Após uma declaração controversa sobre dar um tratamento mais humano aos atletas, ele é demitido e começa a perder seus clientes, tendo de recomeçar. Para Saade, o filme mostra a dificuldade de montar um negócio em um mercado competitivo e, ao mesmo tempo, de trabalhar com o que gosta.

Julie & Julia

Julie & Julia (2009) é uma comédia dramática dirigida por Nora Ephron e estrelada por atrizes como Meryl Streep e Amy Adams.

Julie é uma funcionária pública frustrada com a sua carreira. Ela resolve se inspirar em um livro de receitas de uma antiga chef chamada Julie. A funcionária publica os resultados que obteve com as receitas no seu blog pessoal, obtendo reconhecimento. Um aspecto importante do filme é mostrar como Julie acaba encontrando um sentido em sua carreira, seguindo aquilo que ela realmente ama fazer, segundo Adriana.

Matrix

Matrix (“The Matrix”, 1999) é um clássico de ação e ficção científica, dirigido pelos irmãos Wachowski e protagonizado por Keanu Reeves.

O protagonista começa como um tranquilo programador em uma empresa respeitada, até que, após uma grande descoberta, ele tem a opção de tomar duas pílulas: uma que fará com que ele continue sua vida anterior, na sua zona de conforto, e outra que lhe fará viver uma nova realidade e que o torna diferente das outras pessoas.

Essa cena mostra a importância de experimentar coisas diferentes, por meio da identificação de insights, e a importância da tomada de decisão do empreendedor na hora de afirmar se aquele é mesmo o caminho que ele quer seguir, afirma Minutti.

O Diabo Veste Prada

O Diabo Veste Prada (“The Devil Wears Prada”, 2006) é um bom filme para o empreendedor que acha que seu período como funcionário não ajudou em nada na sua carreira.

O filme é estrelado por Anne Hathaway e Meryl Streep. O sonho de Andy é ser jornalista, mas ela acaba como assistente da famosa editora Miranda Priestly. Após um tratamento humilhante, Andy se adapta e começa a usufruir dos benefícios da indústria da moda. Ela precisa fazer uma decisão entre manter seu emprego atual ou perseguir seus sonhos anteriores.

Para Adriana, muitas vezes é preciso passar por um emprego não tão positivo para ganhar experiência de vida. “Ela empreende naquilo que ela deseja fazer realmente”.

O Homem que Mudou o Jogo

O Homem que Mudou o Jogo (“Moneyball”, 2011) é um filme para o empreendedor que quer largar o emprego, mas acha que é impossível ter um negócio com os poucos recursos que ele possui atualmente.

No filme, dirigido por Benett Miller e estrelado por Brad Pitt e Philip Seymour Hoffman, um gerente geral tem o desafio de cuidar de um time de beisebol, mas possui poucos recursos e a concorrência de grandes times é brutal. Segundo Minutti, uma frase vista no filme é importante para os potenciais empreendedores que ainda se apegam à zona de conforto: “Quando as coisas não funcionam bem, mude seu jogo”.


O Lobo de Wall Street

Dirigido por Martin Scorcese e estrelado por Leonardo DiCaprio, O Lobo de Wall Street (“The Wolf of Wall Street”, 2013) é baseado nas memórias de Jordan Belfort, corretor de ações.

Além de mostrar as consequências de uma ambição sem fim, o enredo tem muito a ver com enxergar oportunidades e não ter medo de arriscar. “O filme traz uma pessoa que começa trabalhando para outras. Nisso, ele consegue identificar uma oportunidade e resolve ele próprio montar seu negócio”, diz Minutti. Para o professor, é importante observar como o protagonista atinge seus objetivos, e não tanto sua jornada.

Rocky – O Lutador

Rocky – Um Lutador (“Rocky”, 1976) é um filme do gênero drama estrelado por Sylvester Stallone e dirigido por John G. Avildsen.

No filme, Rocky é um pequeno boxeador que nunca teve a chance de emplacar e trabalhava em outra atividade, como capanga de um agiota. Sua vida muda quando ela tem a oportunidade de disputar em um grande título do boxe e fazer o que sempre quis.

O filme mostra como, para sair de um trabalho cansativo e seguir seus sonhos, é preciso ter disciplina, perseverança, planejamento e preparação. Há uma frase na obra que resume a vida de todo empreendedor, segundo Saade: “não importa o quão forte você bate, mas sim quantos golpes você aguenta levar e continuar avançando”.

Tucker – Um Homem e Seu Sonho

Tucker – Um Homem e Seu Sonho (“Tucker: The Man and His Dream”, 1988) é um filme dirigido por Francis Ford Coppola e estrelado por Jeff Bridges.

Assim como Rocky, o filme fala sobre ser perseverante em relação ao que você deseja. Na obra, o projetista americano Tucker desenvolve um carro com o design que sempre pretendia e, no meio do caminho, acaba tendo de enfrentar grandes indústrias do setor automobilístico.

Mesmo com os obstáculos, ele continua seguindo seus ideais e não pretende se render ao modelo dessas empresas. Segundo Saade, Tucker tinha uma convicção de como tudo tinha de funcionar, o que mostra a persistência na hora de montar um negócio.

Informações: Exame