Desejo de opinar

0

Dois jornalistas conversam na redação. Um deles toma café encostado em uma mesa, enquanto o outro está ao seu lado sentado trabalhando em um computador.

– Bom, e para concluir, eu acho isso um absurdo.

– Pois é.

Um pequeno silêncio se forma. O primeiro olha curioso.

– Mas e você, qual sua opinião?

– Nenhuma.

O olhar é de espanto absoluto.

– Como assim nenhuma?

– Eu não tenho opinião formada sobre esse assunto, ué.

– Shhh! Fala baixo! Imagina se o nosso chefe passa aqui e te pega falando que você não tem opinião!?

– Qual o problema? Eu não tenho opinião mes–

Ele foi então interrompido pelo amigo, que deu-lhe um tapa no ombro enquanto ainda chiava com a boca pedindo silêncio.

– Que isso, Roberto? Tá doido? Olha, esse tapa que eu te dei foi pouco ainda. Se alguém ouve você falando isso na rua é capaz de te darem uma surra.

– Levar uma surra? De onde você tá tirando isso, Fernando?

– É, oras! Roberto, opinião hoje é igual celular. Praticamente todo mundo tem, quem não tem quer ter e por fim é melhor quem tem um iPhone, que no caso é o aparelho que eu tenho.

– Ou seja, é melhor quem tem um celular igual ao seu?

– Basicamente.

– Isso tá errado, Fernando, tem outros aparelhos bons por aí.

– Melhor que essa belezinha aqui? Duvido. Fala três marcas aí.

– Tem a Samsun–

– Ó, não quero saber não. Melhor que esse não tem, fim de papo.

– Mas…

– Essa é a minha opinião.

– Ok.

Roberto voltou a concentrar-se em seu computador. Fernando ainda olhava confuso para o amigo.

– Já sei. Essa semana teve aquele assunto lá da morte do Fulano que eu esqueci o nome. Teve uma galera comentando, muita gente indignada com isso, com aquilo. Duvido que nessa você não tem uma opinião. Nem que seja uma pequenininha, um grãozinho. Não precisa ser um textão, um tuíte já tá bom.

– Não tenho. Não tenho sequer 140 caracteres de opinião sobre esse assunto. Na verdade, meu total é zero. Eu tenho zero palavras formadas na minha cabeça sobre essa história.

– Ah tem aquela outra sobre a redução da…

– Fernando, eu não preciso ter opinião sobre tudo. O que eu preciso mesmo é chegar em casa e encontrar meu Netflix funcionando.

– Pô, mas se você não tem opinião sobre tudo, pra que você usa seu Facebook?

– Pra compartilhar Minions.