FILO apresenta espetáculos gratuitos

0

Além de apresentações em teatros de Londrina e região, o Festival Internacional de Londrina (FILO) tem programação para espaços públicos que são livres para todas as idades e espetáculos gratuitos. Confira!

POETA QUE PARIU – MOSTRA LONDRINA

Poeta que Pariu
Fotos: FILO 2015

Companhia: Teatro de Garagem (Londrina – PR) – Teatro de Rua

22 de agosto às 16 horas
Zerão – Área de Lazer Luigi Borghesi

Espetáculo de rua criado coletivamente, com músicas autorais e dramaturgia inspirada em figuras arquetípicas das ruas: travestis, poetas/poetisas marginais, moradores de rua.

“Poeta que Pariu” é fruto de um trabalho de composição cênico-musical e de experiências junto a grupos marginalizados na sociedade.

Desde 2006, a Cia. Teatro de Garagem realiza um trabalho continuado, que propõe um mosaico articulado entre pesquisa cênica, pedagógica e produção de eventos culturais, como o ‘Não Estacione: Sarau na Garagem’.

SALTIMBEMBE MAMBEMBANCOS – MOSTRA NACIONAL

Saltimbembe Mambembancos

Companhia: Grupo Rosa dos Ventos (Presidente Prudente – SP) – Arte de Rua (Circo, Teatro e Música)

22 de agosto às 11 horas
Praça Marechal Floriano Peixoto

23 de agosto às 16 horas
Zerão – Área de Lazer Luigi Borghesi

Uma festa popular em que palhaços se apresentam como artistas saltimbancos, formando uma roda na praça para exibir suas habilidades, cantar, tocar e divertir as pessoas.

Um encontro para rir das personagens e de si mesmo. Sem formalidades, esses artistas mostram técnicas de acrobacias de solo e perna de pau, acompanhadas por música ao vivo. Este é um espetáculo brincante que representa a essência da linguagem do Rosa dos Ventos.

O grupo de artistas populares de rua, criado em 1999, pesquisa a história da cultura popular e da comicidade, buscando a fusão do teatro, da música, das técnicas circenses, do palhaço e dos tipos cômicos.

ERA UMA VEZ UM REI – MOSTRA NACIONAL

Era Uma Vez Um Rei

Companhia: Grupo Pombas Urbanas (São Paulo – SP) – Teatro de Rua

28 de agosto às 11 horas
Calçadão

29 de agosto às 16 horas
 Zerão – Área de Lazer Luigi Borghesi

Grupo de mendigos se encontra em uma praça da cidade. Latas, plásticos, garrafas e papelões criam o espaço onde vivem e fazem festa.

Durante uma brincadeira, um deles propõe ser rei. Os mendigos saem da realidade para representar as relações de poder da mesma sociedade que os marginaliza.

Sátira bem-humorada ao poder e às relações políticas, que vem dialogar com o momento político do País.

UIRAPURU – MOSTRA NACIONAL

Uirapuru

Companhia: Grande Companhia Brasileira de Mystérios e Novidades (Rio de Janeiro – RJ) – Teatro de Rua / Circo Dramático

29 de agosto às 11 horas
 Praça Marechal Floriano Peixoto

30 de agosto às 16 horas
 Zerão – Área de Lazer Luigi Borghesi

Inspirado no poema sinfônico de Villa-Lobos e na opereta popular de D. Noêmia (compositora paraense), “Uirapuru” conta a lenda do pássaro cantor, com muitos personagens em pernas de pau, suas danças dramáticas e cantos mágicos.

A alegria do teatro de rua, a linguagem musical e gestual dos antigos artistas populares. A Grande Companhia Brasileira de Mystérios e Novidades é parte de um movimento cultural que atua no risco e na busca do essencial do teatro.

Formada há 34 anos por artistas que desenvolvem um trabalho contemporâneo, a trupe reafirma o teatro de rua como arte pública, importante veículo de intervenção urbana e transformação.