Uma Universidade que vai torná-lo um mestre em cervejas

0

Fundada em 1868,  a TUM está entre as cem melhores universidades do mundo pelo QS World University Ranking. No análise por curso do QS, a TUM não faz feio: tem 11 cursos avaliados entre os 100 melhores, com destaque para física (14º lugar), engenharia mecânica (19º) e química (20º). No ranking de empregabilidade (Global Employability University Ranking 2014), está entre as 10 melhores.

A instituição tem mais de 500 professores e cerca de 37.300 estudantes, dos quais 21% são estrangeiros. Em suas 13 faculdades e uma escola de pós-graduação, são oferecidos 150 cursos nas áreas de ciências exatas, engenharias, administração e medicina.

Há ainda uma faculdade chamada de Ciências da Vida (School of Life Sciences), em que há cursos de nutrição, engenharias renováveis e biologia, dentre outros. O destaque da School of Life Sciences, no entanto, são os cursos ligados à cerveja, chamados de Brewing and Beverage Technology. Isso mesmo: os alunos podem fazer curso de bacharelado e até mestrado em cerveja. Ao final, formam-se mestres cervejeiros, ou seja, têm domínio de todas as etapas do processo produtivo de cervejas, além de conhecimento profundo sobre as características dos diversos tipos da bebida. A faculdade possui uma cervejaria científica e trabalha em parceria com a cervejaria mais antiga do mundo: a Weihenstephan, fundada em 1040.

Alunos famosos – entre ex-alunos, professores e pesquisadores, a TUM tem 14 ganhadores do prêmio Nobel. Rudolf Diesel, engenheiro alemão inventor do motor a diesel, e Oskar von Miller, pioneiro da energia hidráulica, são alguns dos ex-alunos de destaque.

Informações: Estudar Fora