Governo suspende novas vagas para o Ciência sem Fronteiras

0

O governo federal admitiu publicamente na última terça-feira (22) que suspendeu, por tempo indeterminado, a abertura de vagas para o Ciência sem Fronteiras (CsF). A declaração foi feita no Comitê para os Direitos das Crianças da Organização das Nações Unidas (ONU). Os alunos que já estão no exterior terão as bolsas mantidas.

Segundo o assessor especial do Ministério da Educação (MEC), Alexey Dodsworth Magnavita de Carvalho,  o programa não foi cancelado, apenas apenas não abriu novas vagas nesse momento em que o país não está bem financeiramente.

O MEC afirmou que as bolsas dos 35 mil alunos que ainda estão no exterior serão mantidas e que não há atraso nos pagamentos aos intercambistas e às universidades participantes.

Após conceder 101 mil bolsas no primeiro mandato, entre 2011 e 2014, a meta do governo federal era enviar mais 100 mil alunos para o exterior até 2018. Mas não há prazo para a retomada de editais, que não foram abertos neste ano.

Nos primeiros quatro anos, o Ciência sem Fronteiras desembolsou R$ 6,4 bilhões. Com a alta do dólar (mais de R$ 4), o envio de alunos ao exterior ficou ainda mais difícil.

Informações: Exame